;

Header Ads

Reciclagem de óleo de cozinha - meio ambiente sustentável



Olá meus amigos!
Como o foco principal deste blog é a cozinha, e não podemos viver indiferente ao mundo em que vivemos, por esse motivo resolvi falar sobre a reciclagem de óleo de cozinha.  Precisamos de um meio ambiente sustentável.


Vocês sabiam que cada litro de óleo jogado no esgoto tem capacidade para poluir cerca de 1 milhão de litros de água! E pode roubar o oxigênio desta água! como?
O óleo forma uma crostas de gordura na superfície da água, o que impede a passagem de luz e compromete a vegetação e os peixes nos rios, assim pode acabar com a vida aquática, os resquícios gordurentos podem formar uma espécie de capa oleosa que impermeabiliza o solo e dificulta o escoamento das chuvas e também que as plantas cresçam nele, aumentando as chances de enchentes e deslizamento. Além disso, o óleo acumulado forma uma crosta nos canos de esgoto, entupindo-os com o tempo. Após utilizado, o óleo deve ser armazenado dentro de garrafas de refrigerante ou em grandes tonéis. Depois, pode ser encaminhado para empresas privadas especializadas em reciclagem. Nesses locais, o produto receberá tratamento adequado para ser transformado em óleo para motosserra, para asfalto, em desmoldante, fertilizante, adubo, sabão, entre outros. A produção de sabão a partir do óleo de cozinha também pode ser feita em casa. É só seguir a receita abaixo:


Transformando o óleo velho em sabão novo (Reciclagem de óleo)

Material necessário:
  • 4 litros de óleo vegetal pós-consumo;
  • 2 litros de água;
  •  ½ copo de sabão em pó;
  • 1kg de soda cáustica (NaOH)
  • 5ml essência de óleo aromático (opcional)
Modo de preparo:
Dissolva o sabão em pó em ½ litro de água quente. Separadamente, dissolva a soda cáustica em 1,5 litros de água quente. Lentamente, adicione as duas soluções ao óleo e mexa por cerca de 20 minutos. Se tiver optado por usar essência, adicione à mistura e despeje em fôrmas. Desinforme somente no dia seguinte e, depois de pronto, deixe o sabão de molho em água num recipiente para que a soda cáustica seja neutralizada e não agrida as mãos do usuário.
Observação: o óleo deve ser coado

Atenção: o manuseio com a soda cáustica deve ser feito com muito cuidado. Use luvas de borracha e utensílios de madeira e balde de plástico resistente para misturar a soda . Mantenha uma distância segura quando efetuar a mistura de água fervente com a soda cáustica. Cuidado com os vapores - preferêncialmente use máscara ou um pano leve (tipo fraldinha de bebê) para proteger o rosto.Quando comprar um produto químico, solicite que ele venha acompanhado de sua ficha de segurança.

Gostou clique no botão +1, você também pode compartilhar usando os botões antes dos comentários. 

2 comentários

Austin disse...

Não são 10.000 litros? ou 10m³ de água.

Manmasoul Dropeu disse...

Austin obrigado pelo comentário uma das fontes que pesquisei diz: "- 1 litro de óleo mal acondicionado é capaz de esgotar o oxigênio de 1 milhão de litros de água;" este é o link da noticia http://www.jornalcomunicacao.ufpr.br/node/648 esta fonte é o noticiário de uma universidade federal. E em outros locais afirmavam a mesma coisa. Espero ter ajudado. Seja feliz